Dólar fecha a R$2,40 com cena eleitoral e dúvidas sobre BC

Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Dólar fecha a R$2,40 com cena eleitoral e dúvidas sobre BC

BC mantém ritmo de intervenções em relação ao câmbio, mesmo com escalada da moeda americana

REUTERS

23 de setembro de 2014 | 17h10

O dólar fechou a 2,40 reais pela primeira vez em sete meses nesta terça-feira, com investidores usando a piora da candidata à Presidência da República Marina Silva (PSB) em pesquisa de intenção de voto como pretexto para testar a tolerância do Banco Central à valorização da moeda norte-americana.

Dúvidas sobre a estratégia do BC em relação ao câmbio têm crescido à medida que a autoridade monetária mantém o ritmo de intervenções, mesmo diante da escalada recente da divisa norte-americana.

O dólar subiu 0,53 por cento nesta terça, a 2,4070 reais na venda, após chegar a 2,4149 reais na máxima do dia, maior nível desde 19 de fevereiro (2,4362 reais). Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de 2,1 bilhões de dólares.

(Por Bruno Federowski)

Tudo o que sabemos sobre:
DOLARFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.