Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Dólar fecha abaixo de R$ 1,90 pela primeira vez desde 2000

O dólar comercial rompeu o patamar de R$ 1,90 pela primeira vez desde 2000 e fechou cotado a R$ 1,8980, em baixa de 0,26% em relação aos últimos negócios de sexta-feira. É a menor cotação desde 23 de outubro de 2000. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a máxima de R$ 1,9020 e a mínima de R$ 1,8970. Com o resultado de hoje, o dólar registra queda de 1,66% em julho e baixa de 11,14% no ano.Já o preço do petróleo caiu pela primeira vez em oito sessões em Nova York, depois que a paralisação de uma grande refinaria dos EUA para manutenção não programada sinalizou que a demanda por petróleo no mercado norte-americano arrefeceu.O contrato negociado na New York Mercantile Exchange (Nymex) com vencimento em agosto fechou em queda de US$ 0,62, ou 0,85%, em US$ 72,19 o barril. Antes de recuarem, os preços atingiram a máxima durante o dia (intraday) de US$ 73 o barril, o maior valor para o primeiro contrato futuro desde 25 de agosto de 2006. Já o contrato do Brent, negociado em Londres, subiu US$ 0,14, ou 0,17%, para US$ 75,75 o barril, com as notícias de novos ataques rebeldes à produção na Nigéria.

09 de julho de 2007 | 17h05

Tudo o que sabemos sobre:
dólarcotação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.