Dólar fecha com pequena queda e Bolsa recua 0,19%

O dólar fechou praticamente estável hoje, em ligeira baixa de 0,09%, cotado a R$ 2,2880 na ponta de venda das operações. O Banco Central voltou a atuar no mercado cambial - tanto no mercado à vista quanto no mercado futuro -, mas não conseguiu reverter a forte queda do dólar registrada nos últimos dias.Às 18h31, o risco Brasil - taxa que mede a desconfiança do investidor estrangeiro em relação à capacidade de pagamento da dívida do País - estava em 297 pontos base, um pouco acima do fechamento de ontem (294 pontos). Quanto menor é esta taxa, menor é o custo de captação de recursos pelas empresas e pelo governo. Com esta janela de oportunidade, as empresas têm aumentado a captação de recursos, o que mantém o fluxo positivo de dólares para o País. Com isso, as intervenções do BC não têm sido suficientes para segurar a queda do dólar O investimento estrangeiro também sustenta o bom volume de negócios na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que hoje realizou lucros - venda de ações para apurar o ganho obtido nos últimos dias (4,46% em dois dias). O Índice Bovespa - que mede o desempenho das ações mais negociadas na Bolsa - fechou em baixa de 0,19%, com 34.936 pontos. Operou entre a máxima de 35.088 pontos (+0,25%) e a mínima de 34.681 pontos (-0,92%). Com esse resultado, a Bolsa passou a acumular alta de 4,42% em janeiro. O movimento financeiro ficou em R$ 2,085 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.