Dólar fecha cotado a R$ 2,3580 e encerra o mês em baixa de 0,92%

O dólar comercial fechou em queda de 1,09% em relação aos últimos negócios de ontem, cotado a R$ 2,3580 na ponta de venda das operações. A moeda norte-americana oscilou entre a máxima de R$ 2,3850 e a mínima de R$ 2,3520. Com o resultado de hoje, o dólar encerra o mês de agosto com queda de 0,92% e baixa de 11,15% no acumulado do ano.A formação da ptax - taxa de câmbio usada na liquidação dos contratos futuros de dólar com vencimento em setembro - mobilizou todas as atenções do mercado de câmbio. O noticiário econômico desta manhã também pesou a favor da desvalorização da moeda norte-americana.Cenário econômicoOs dados do PIB doméstico referentes ao segundo trimestre do ano - 1,4% ante o trimestre anterior e 3,9% sobre o mesmo período do ano passado - corroboraram as estimativas otimistas.Segundo levantamento feito pelo correspondente da Agência Estado em Nova York, Fábio Alves, os dados levaram muitos analistas internacionais a revisar projeções do crescimento brasileiro em 2005 para cima. No Brasil, os dados positivos do PIB foram bem recebidos pelo mercado, mas não representaram uma surpresa.Alguns até ponderaram que os resultados positivos foram uma ponto fora da curva. Eles acreditam que a atividade econômica mostrará sinais de desaceleração no terceiro trimestre.E houve críticas aos números conseguidos. O ex-diretor do Banco Central e diretor da MCM Consultores, José Júlio Senna, por exemplo, afirmou que o resultado é "muito precário" ante ao desempenho mundial.Cenário políticoNo cenário político, se não houve nada para ajudar, também não existiu fato para atrapalhar. O depoimento do chefe de gabinete de Palocci, Juscelino Dourado, à CPI dos Bingos, não trouxe fatos novos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.