Dólar fecha em leve alta à espera de decisão do Copom

O dólar fechou a quarta-feira comalta moderada, seguindo o movimento do mercado global demoedas, em uma sessão de expectativa antes da decisão sobre ojuro básico brasileiro. A moeda norte-americana subiu 0,32 por cento, para 1,585real, operando durante toda a sessão na estreita faixa de 1,582a 1,585 real. "O dólar deu uma valorizada com a queda do petróleo e doouro", afirmou Marcos Forgione, analista da Hencorp CommcorCorretora, reforçando que a alta da moeda foi um movimentoglobal. No final da tarde, o dólar subia 0,5 por cento frente a umacesta com as principais moedas mundiais . O barril do petróleonegociado nos Estados Unidos caiu cerca de 4 dólares. Forgione também ressaltou a expectativa do mercado emrelação à decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), quesai ainda nesta quarta-feira. Para ele, o colegiado do BancoCentral "tem motivos para elevar a taxa em 0,75" pontopercentual, mas deve optar pelo aumento de 0,50 pontopercentual. "Por tendência, o dólar não volta ao (patamar de) 1,60real... Eu acredito que ainda tem espaço para cair",acrescentou. A maioria dos analistas também aposta em um aumento de 0,50ponto percentual da Selic, para 12,75 por cento ao ano, mas nãose descarta o aperto maior de 0,75 ponto percentual. Milton Mota, operador da SLW Corretora, reforçou aexpectativa do mercado com a reunião BC. "O mercado (cambial)está bem 'de lado', aguardando a decisão do Copom", disse ooperador, lembrando que o dólar praticamente não saiu do lugarna tarde desta quarta-feira. No meio da sessão, o BC realizou um leilão de compra dedólares no mercado à vista. A autoridade monetária definiu taxade corte a 1,5840 real e aceitou, segundo operadores, quatropropostas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.