Dólar fecha no patamar mais alto desde abril de 2003

O dólar comercial encerrou o dia cotado a R$ 3,2120 na ponta de venda dos negócios, em alta de 2,49% em relação aos últimos negócios de ontem. Trata-se da cotação mais alta de fechamento desde 10 de abril de 2003. A moeda norte-americana iniciou o dia no patamar de R$ 3,1600 e oscilou entre a máxima de R$ 3,2250 e a mínima de R$ 3,1470. Com o resultado de hoje, o dólar registra alta de 9,55% em maio e acumula alta de 10,64% em 2004. Às 16h48, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera em queda de 2,14%. O volume de negócios até este horário é de R$ 852 milhões. No mercado de juros futuros, a taxa pós-fixada para os contratos com vencimento em janeiro de 2005, negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), pagavam taxa de 17,800% ao ano, estável em relação ao fechamento de ontem.O risco Brasil ? taxa que mede a desconfiança do investidor estrangeiro na capacidade de pagamento da dívida do país ? está em 760 pontos, ou seja, 7,60 pontos porcentuais acima dos juros pagos nos títulos norte-americanos, considerados sem risco. O C-Bond ? principal título da dívida brasileira negociado no exterior ? é cotado a 87,000 centavos por dólar. Ontem, estes títulos encerraram o dia em 88,375 centavos por dólar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.