finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Dólar foi o melhor investimento também em maio

As incertezas no cenário, com a crise energética e a delicada situação econômica da Argentina, fizeram com que o investidor buscasse aplicações mais seguras no mês de maio, com destaque para o dólar, ouro e fundos cambiais. A alta de 0,50 ponto porcentual no juro básico divulgado na última reunião mensal do Comitê de Política Monetária (Copom), elevando os juros para 16,75% ao ano, e a crise política interna contribuíram para a instabilidade no mercado financeiro neste mês.O dólar paralelo em São Paulo foi a melhor opção de investimento, com elevada valorização de 12,68%, só perdendo para o ouro, com alta de 12,17%, que apresentou a maior rentabilidade no mês passado, de 3,92%. O dólar oficial subiu 8,02%, referenciando os fundos cambiais, que fecharam o mês de maio com uma rentabilidade projetada também alta, 7,82%.Os investidores que optaram pela renda fixa no mês de maio tiveram um rendimento relativamente modesto de 1,27% para as aplicações em CDB - Certificado de Depósito Bancário - de médias quantias 30 dias, segundo pesquisa da Agência Estado. Os fundos de renda fixa obtiveram uma rentabilidade projetada de 1,22%, muito próxima ao rendimento projetado no Certificado de Depósito Interbancário - CDI, 1,33%, segundo a Central de Custódia e Liquidação Financeira de Títulos - Cetip. A poupança teve um rendimento ainda inferior, 0,65%, porém deve-se levar em consideração que o rendimento é líquido, ou seja, não sofre incidência de ICMS e IOF - Imposto sobre Operações Financeiras.Os lanterninhas deste mês foram as aplicações em renda variável, cujo principal indexador é o Ibovespa - índice que mede a valorização das 100 ações mais negociadas na Bovespa - que teve uma queda de 1,80%. Também nos Estados Unidos, as bolsas decepcionaram o investidor. A Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - teve também uma queda de 0,27% no mês de maio. E o índice Dow Jones - que mede a valorização das 30 ações mais negociadas na bolsa de Nova York - acumulou uma alta de 1,65%.Veja no link abaixo a tabela completa do Ranking das Principais Aplicações Financeiras.

Agencia Estado,

31 de maio de 2001 | 19h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.