Dólar inicia a semana em queda

O dólar comercial iniciou o dia cotado a R$ 3,1350 na ponta de venda dos negócios, em baixa de 0,16% em relação aos últimos negócios de sexta-feira. Às 10h11, a moeda norte-americana está no patamar mínimo do dia, vendida a R$ 3,1310, em queda de 0,29% em relação às últimas operações de sexta-feira. O mercado cambial acompanha a tranqüilidade sinalizada pelos mercados internacionais. No cenário interno, as atenções continuam centradas na definição do salário mínimo. Depois de digerir a derrota do governo no Senado, o mercado financeiro fechou consenso em torno da idéia de que os R$ 260 voltarão a imperar por decisão da Câmara, marcada para amanhã.Se a Câmara também frustrar as expectativas, os investidores trabalham com a possibilidade de o presidente Lula vetar os R$ 275 aprovados quinta-feira no Senado. O assunto preocupa os investidores, pois um valor acima do patamar de R$ 260 aumentará ainda mais o déficit da Previdência. Sem conseguir equilibrar suas contas, o País fica mais vulnerável aos choques externos. Outro destaque para o mercado é a decisão do BC sobre o próximo vencimento de dívida pública cambial. São US$ 2,4 bilhões que vencem no dia 1º de julho. No último vencimento de US$ 983 milhões, o BC rolou cerca de um terço, menos do que ofertou, o que confirmou a fraca demanda por hedge (proteção em dólar).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.