Dólar inicia o dia em alta e Bolsa sobe 0,21%

O dólar comercial iniciou o dia cotado a R$ 3,1030, em alta de 0,29% em relação aos últimos negócios de ontem. A moeda norte-americana, até este horário, chegou ao patamar máximo de R$ 3,1080. Às 10h20, o dólar comercial é vendido a R$ 3,1060, em alta de 0,39%. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera em alta de 0,21%.Os analistas já esperavam por um movimento de alta para o dólar nesta sexta-feira. Essa expectativa deve-se à agenda da semana que vem, mais especificamente do dia 30, quando o Federal Reserve (banco central dos Estados Unidos) irá definir a taxa de juros da maior economia do mundo.Na mesma data será formada a ptax, que liquida os contratos futuros de julho na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F) e a dívida pública cambial, que vencem no dia 1º. O vencimento da dívida pública totaliza US$ 2,4 bilhões, dos quais somente US$ 673 milhões foram rolados, o que reduz o volume de oferta de títulos cambiais. Os três acontecimentos são fatores de pressão para o dólar, não somente em 30 de junho, mas também nos dias anteriores.Os investidores continuam atentos ao comportamento da inflação. Hoje a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) divulgou o resultado do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) na terceira quadrissemana de junho. A taxa ficou no topo das estimativas, que variavam de 0,70% a 0,90%. Na segunda quadrissemana, a taxa foi de 0,80%.De qualquer forma, os investidores não descartam que o movimento de alta no início da manhã seja revertido por um fluxo de dólares positivo para o País. Veja mais informações sobre a inflação nos links abaixo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.