Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Dólar, instável, acelera queda e chega aos R$ 3,00

O dólar comercial vive uma manhã de grande instabilidade. A moeda abriu em alta forte, de 0,99%; a alta se acelerou até perto de 1,5%, cotada a R$ 3,086. Em seguida a alta foi se reduzindo, até que a moeda inverteu a mão de direção e passou a operar em baixa, e em baixa crescente ? de 0,66%, depois de 1,28%. Às 13h16, caía 1,32% sobre o fechamento de ontem, cotada a exatos R$ 3,00. Operadores avaliam que o mercado deverá "voltar ao normal" hoje. Este "normal" citado pelos profissionais seria voltar a refletir as notícias e indicadores positivos em relação ao Brasil e a expectativa de entrada de recursos de captações recém concluídas por bancos e pela República. A perspectiva para a aprovação das reformas ainda é positiva, e o risco Brasil se mantém abaixo dos 800 pontos.A alta de ontem da moeda, que subiu 2,53%, para R$ 3,040, foi atribuída a fortes ordens de compra feita por dois grandes bancos estrangeiros, um norte-americano, outro europeu. Como a demanda dessas instituições foi forte e o mercado estava seco de dólares, a moeda norte-americana encontrou forças para subir e voltar a se situar acima dos R$ 3,00. Clique aqui para acompanhar a cotação do dólar.

Agencia Estado,

06 de maio de 2003 | 13h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.