Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Dólar opera com leve alta e Bolsa cai 0,30%

A moeda norte-americana está no patamar mínimo do dia, vendida a R$ 2,9340, em alta de 0,03% em relação aos últimos negócios, às 10h27. Este foi também o mesmo patamar de abertura do dólar, que chegou à máxima de R$ 2,9370. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera com queda de 0,30%.Os investidores continuam otimistas com o desempenho positivo da economia brasileira, mas o clima de cautela voltou a prevalecer diante das preocupações com o comportamento do preço do petróleo. Uma nova ordem de congelamento de contas bancárias da petrolífera russa Yukos, que responde por 2% da produção mundial, está pressionando as cotações da commodities. Para definir a trajetória do dólar no decorrer do dia, além da influência do preço do petróleo, o mercado de câmbio vai olhar o fluxo comercial e as informações do desempenho das economias dos EUA e brasileira. No Brasil, hoje é dia de divulgação de taxas de inflação, que merecem cada vez mais atenções dos investidores. Isso porque a confirmação de alta sobre os índices de inflação pode levar o Banco Central a aumentar as taxas de juros.

Agencia Estado,

02 de setembro de 2004 | 10h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.