Dólar perde força e fecha perto da estabilidade

Moeda norte-americana chega ao patamar de R$ 1,78 num pregão de queda na BM&F e no balcão

estadao.com.br,

18 de dezembro de 2009 | 11h50

O dólar comercial fechou estável na tarde desta sexta-feira,18. Depois de experimentar uma abertura de queda e bater as máximas do dia logo em seguida, a moeda norte-americana voltou a recuar durante a tarde e fechou cotada a R$ 1,783.

 

Na quinta-feira, 17, o dólar experimentou uma alta superior a 2% - em linha com a valorização internacional. O movimento de queda desta sexta-feira dá sequencia ao alinhamento do mercado doméstico com o que está ocorrendo no exterior. Lá fora, muitas bolsas operam em alta e o euro tenta se recuperar em relação às mínimas de ontem, quando chegou a US$ 1,4304.

Além do cenário internacional, os profissionais do mercado de derivativos acreditam que há movimentos técnicos ajudando a pressionar o dólar para cima. Um deles seria decorrente do último vencimento do Ibovespa futuro ocorrido na quarta-feira. A avaliação é de que os estrangeiros, que operam fortemente nesse mercado e estavam comprados, rolaram uma parcela menor de suas posições. Isso somaria uma demanda por dólares ao mercado sentida ontem e que poderia ter continuidade nesta sexta-feira.

 

(Com Cristina Canas, da Agência Estado)

 

(Atualizado às 16h30)

Tudo o que sabemos sobre:
dólarexteriorbolsacâmbio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.