Dólar recua ainda mais e fecha em baixa de 1,11%

O dólar comercial encerrou mais um dia em queda forte. Na ponta de venda dos negócios, a moeda norte-americana foi vendida a R$ 2,7550, em baixa de 1,11% em relação às últimas operações de sexta-feira. No acumulado do mês, o dólar registra queda de 3,64%. A depreciação do dólar frente ao real já começa a influenciar o desempenho da balança comercial. O superávit comercial registrado na terceira semana de novembro, de US$ 209 milhões, é um dos menores do ano. Os únicos valores semanais menores que o registrado na terceira semana de novembro foram nas primeiras semanas de janeiro e abril mas tiveram, respectivamente, apenas um e dois dias úteis. O saldo comercial acumulado em novembro, em 13 dias úteis, é de US$ 1,438 bilhão. Nos últimos seis meses, o superávit mensal ultrapassou a casa dos US$ 3 bilhões. Com o real mais forte, a média diária das importações brasileiras bateu recorde na terceira semana de novembro. O valor de US$ 365 milhões é o maior valor semanal do ano. A média no mês, de US$ 309,5 milhões, também é a maior do ano e ficou 45,2% acima da média diária de novembro de 2003, que foi de US$ 213,2 milhões. Segundo os dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, ampliaram-se os gastos com combustíveis e lubrificantes (95,6%), siderúrgicos (87,2%), aeronaves e peças (81,8%), instrumentos de ótica e precisão (69,1%), borracha e obras (68,1%), veículos automóveis e partes (61,6%), plásticos e obras (54,5%), farmacêuticos (49,1%), químicos orgânicos e inorgânicos (42,0%), equipamentos mecânicos (31,0%) e equipamentos elétricos e eletrônicos (30,9%). Na terceira semana de novembro, a balança comercial apresentou exportações de US$ 1,669 bilhão e importações de US$ 1,460 bilhão, resultando em superávit de US$ 209 milhões. No acumulado do mês, as exportações somam US$ 5,462 bilhões e as importações, US$ 4,024 bilhões, com superávit de US$ 1,438 bilhão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.