Dólar retoma lentamente

Os negócios no mercado de dólar estão retomando muito lentamente. Depois de bater na máxima de R$ 2,6850, o dólar comercial está cotado agora em R$ 2,6600, com alta de 2,03% . As notícias dos ataques terroristas nos EUA e eventuais novos ataques são os responsáveis hoje pelo nervosismo nos mercados. Mercados internacionaisAs Bolsas européias despencaram, assim como o dólar na Europa após o atentado contra o World Trade Center, ocorrido esta manhã em Nova York. Às 11h35 (horário de Brasília), o índice da Bolsa de Frankfurt, caía 6,4%; o índice da Bolsa de Paris despencava 4,9%. A Bolsa de Londres estava sendo evacuada. Pouco antes, o índice da Bolsa londrina recuava 3,2%. O dólar caía para 119,88 ienes, de 121 ienes ontem. O euro disparava a US$ 0,9046, de US$ 0,8980. Os contratos do petróleo em Londres com vencimento em outubro aproximavam-se de US$ 31,00 o barril, negociados há pouco em US$ 30,80 o barril, alta de 12,2%. Em função do nervosismo, a Bolsa Internacional de Petróleo em Londres suspende as suas operações. As operações na Bolsa de Lisboa foram suspensas. A Bolsa do México também encerrou as negociações. Em Nova York, as negociações em praticamente todas as Bolsas foram suspensas. A Bolsa de Buenos Aires também suspendeu os negócios.

Agencia Estado,

11 de setembro de 2001 | 12h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.