coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Dólar reverte tendência e opera em queda

Às 10h15, o dólar comercial reverteu a tendência de alta. Neste horário, a moeda norte-americana estava cotada a R$ 2,5460 na ponta de venda dos negócios e, a partir daí, iniciou um movimento de baixa. Há pouco, o dólar era vendido a R$ 2,5120, em queda de 0,36% em relação aos últimos negócios de ontem. No pior momento da manhã, a moeda norte-americana foi vendida a R$ 2,5510.Segundo apurou o repórter André Palhano, o bom comportamento das bolsas em Nova York e alguns rumores dando conta de que o pré-candidato do PSDB José Serra não cairá para o terceiro lugar na pesquisa do instituto Vox Populi, a ser divulgada entre hoje e amanhã, deixaram o mercado menos nervoso em relação à abertura dos negócios. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) está em alta de 2,04%, às 11h50. No mercado de juros, as taxas recuaram um pouco. Os contratos de DI futuro com vencimento em janeiro de 2003, negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), pagam taxa de 19,150% ao ano, frente a 19,240% ao ano registrados ontem. Os C-Bonds - títulos da dívida brasileira com maior volume de negócios - está cotado a 74,000 centavos por dólar. Ontem foram vendidos a 73,688 centavos por dólar no encerramento dos negócios. No pior momento da manhã estavam em 73,250 centavos por dólar.Em Nova York, o Dow Jones - Índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - está em alta de 1,48%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - registra alta de 3,12%.Veja mais informações sobre os mercados nos links abaixo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.