Dólar salta 7,5% com agravamento da crise global

O dólar fechou em alta superior a 7 por cento nesta segunda-feira, acompanhando o derretimento dos mercados em meio a temores com o agravamento da crise financeira global. A moeda norte-americana fechou cotada a 2,200 reais para venda, em alta de 7,53 por cento. É a maior valorização percentual diária desde janeiro de 2002 e o maior patamar de fechamento desde setembro de 2006. Após duas interrupções nas negociações ao longo do dia, a Bovespa mergulhava 8 por cento, assim como Wall Street, onde os principais índices despencavam cerca de 5 por cento. Na Europa e na Ásia, as bolsas de valores também fecharam em queda superior a 7 e 4 por cento respectivamente. (Reportagem de Jenifer Corrêa)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.