Dólar sobe 0,66% a volta aos R$ 2,90

Os resultados ruins da produção industrial e os efeitos da alta da inflação pelo IGPI-DI de ontem fizeram o dólar operar durante todo o dia em alta. Também ajudou o discurso conservador do presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, mantendo a expectativa de que os juros permanecerão em 16,5% na reunião do Comitê de Política Monetária da próxima semana. A moeda norte-americana abriu cotada a R$ 2,8800, chegou na máxima de R$ 2,9030 e encerrou a quarta-feira cravada em R$ 2,900, uma alta de 0,66% sobre o valor de ontem. Neste mês de março o dólar acumula pequena queda de 0,21%.

Agencia Estado,

10 Março 2004 | 17h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.