finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Dólar sobe e volta ao nível de R$ 1,80

Correção reflete expectativa de que o Tesouro poderá comprar US$ 10 bilhões para criação de fundo soberano

Silvana Rocha, Denise Abarca e Paula Laier, O Estadao de S.Paulo

23 de novembro de 2007 | 00h00

O início das liquidações de grandes varejistas, ontem, nos EUA resultou em altas firmes para as bolsas em Nova York. Mas o otimismo externo não evitou forte pressão sobre o dólar no mercado doméstico. A moeda voltou ao patamar de R$ 1,80, pressionada pela expectativa de que o Tesouro Nacional poderá comprar cerca de US$ 10 bilhões em mercado para formar um fundo soberano que financiaria investimentos de empresas. Pesou também o recorde do petróleo - que fechou em US$ 98,19 o barril para janeiro na Nymex. Na 2ª feira o Banco Central avaliará o interesse pela rolagem do próximo vencimento de contratos de swap cambial, de US$ 1,7 bilhão. O dólar à vista subiu a R$ 1,804 na BM&F (1,32%) e balcão (1,35%). O juro de janeiro 2010 ficou em 11,87%. A Bovespa ganhou 0,52%, aos 60.970,9 pontos. E o risco Brasil avançou a 237 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.