Dólar sobe nesta 6ª, mas acumula queda de 1,3% na semana

Moeda seguiu movimento de alta iniciado na quinta-feira e avançou 0,62%, para R$ 3,087, mas sem anular as perdas recentes

Denise Abarca, O Estado de S. Paulo

10 de abril de 2015 | 17h13

O dólar deu sequência ao movimento iniciado na quinta-feira, 9, e passou a sexta-feira em alta diante do real, confirmando o sinal positivo no encerramento dos negócios. A valorização no exterior continuou estimulando a recomposição de posições vendidas no câmbio doméstico, uma vez que o dólar no balcão havia acumulado perda de mais de 5% em sete sessões até anteontem. Nos juros, as taxas de curto prazo terminaram perto da estabilidade e as de médio e longo prazos, em queda.

O dólar à vista no balcão subiu 0,62%, para R$ 3,0870, fechando a semana com variação negativa acumulada de 1,3%. Oscilou da mínima de R$ 3,0700 (+0,07%) à máxima de R$ 3,094 (+0,85%). 

Em dois dias, a moeda dos EUA apurou ganho de 1,04% ante o real, devolvendo pequena parte da queda acumulada anteriormente. Segundo operadores, o mercado aproveitou a tendência de alta ante as demais divisas para corrigir parte do movimento recente, citando ainda uma dose de cautela sobre possíveis desdobramentos dos protestos contra o governo marcados para o próximo domingo.
Mais conteúdo sobre:
dólarcotaçãocâmbio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.