Choi Bu-Seok/Reuters
Choi Bu-Seok/Reuters

Dólar sobe quase 1%, mas continua abaixo de R$2,25 com BC

O dólar fechou com alta de quase 1 por cento nesta sexta-feira, nas máximas do mês, mas ainda preso na banda informal de 2,20 a 2,25 reais em que tem oscilado nos últimos dois meses.

Reuters

30 de maio de 2014 | 17h06

Em maio, a moeda norte-americana acumulou leve alta, interrompendo três meses seguidos de desvalorização e, na avaliação de analistas, o Banco Central vai continuar atuando no câmbio para sustentar esses patamares, mesmo que de maneira menos intensa, de olho na inflação e nas exportações.

A divisa dos EUA avançou 0,76 por cento nesta sessão, a 2,2408 reais na venda, após chegar a 2,2475 reais na máxima do dia, acumulando em maio ganho de 0,48 por cento. Segundo dados da BM&F, o giro financeiro do dia ficou em torno de 2 bilhões de dólares.

(Por Bruno Federowski)

Tudo o que sabemos sobre:
DOLARFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.