Dólar tem 6ª queda consecutiva e Bolsa fecha em nível recorde

A troca de diretores do Banco Central não mexeu em nada com os negócios hoje. Os novos nomes foram muito bem recebidos e indicaram que o Banco Central não mudará sua trajetória, que é amplamente aprovada pelos mercados. O dólar fechou em baixa pelo sexto dia consecutivo, descolando-se da piora externa. A moeda norte-americana caiu 0,19%, cotado a R$ 2,130 na ponta de venda das operações. A Bovespa oscilou bastante, mas fechou em recorde de pontuação puxada pelos papéis do setor elétrico. Nesta quinta-feira, o Ibovespa - índice que mede o desempenho das ações mais negociadas na Bolsa - fechou em alta de 0,59%, em nível recorde de 39.285,0 pontos. A marca anterior, de 39.239 pontos, havia sido registrada em 3 de março.

Agencia Estado,

06 Abril 2006 | 18h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.