Adek Berry/AFP
Adek Berry/AFP

Dólar tem mais um dia de alta e fecha cotado a R$ 3,34

Preocupações com demandas de governadores e ajuste fiscal no País, além de apreensão com reunião do Fed na semana que vem, motivaram valorização da moeda norte-americana

Ricardo Leopoldo, O Estado de S.Paulo

14 Setembro 2016 | 18h06

SÃO PAULO - Com a proximidade da reunião do Federal Reserve (Fed), o banco central norte-americano, o dólar teve mais um dia de alta e fechou cotado a R$ 3,34 (0,79%) nesta quarta-feira, 14. No cenário interno, preocupações com o risco político também impactaram a cotação da moeda norte-americana. 

De acordo com operadores, o dólar à vista sustenta a alta devido à tensão de investidores antes das reuniões dos bancos centrais dos EUA e Japão que serão realizadas na semana que vem. "Até o dia 21, quando será encerrada o encontro do Federal Reserve, as intensas variações da moeda americana ante o real devem continuar firmes", comentou um profissional.

No front interno, influencia o dólar crescentes incertezas na área fiscal, motivadas agora pelas demandas de governadores do Norte e Nordeste para renegociar dívidas com a União. De acordo com o governador do Piauí, Wellington Dias, até 16 Estados poderão declarar calamidade sem não receberam auxílio do Poder Executivo federal. Além disso, a Operação Lava Jato denunciou formalmente o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a ex-primeira dama Marisa Letícia, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, o empresário Léo Pinheiro, da OAS, dois funcionários da empreiteira e outros dois investigados. Isso ocorreu devido ao caso do tríplex no Guarujá.

A Bolsa também teve ganhos nesta quarta-feira. O principal índice da Bovespa fechou em alta de 0,42%, a 57.059,46 pontos. As ações da Vale estão entre as maiores altas, 2,24% na preferencial, e 2,27%, na ordinária, enquanto o cenário externo sem direção definida limitou uma recuperação mais forte no pregão brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.