R$ 1,57 bi

E-Investidor: Tesouro Direto atrai mais jovens e bate recorde de captação

Dólar vira e fecha em queda de 1,5% após decisão do Fed

Na direção contrária do movimento registrado durante a maior parte da sessão, o dólar fechou em queda frente ao real nesta quarta-feira, acompanhando o bom humor dos mercados externos com a decisão do Federal Reserve de comprar títulos do governo norte-americano.

REUTERS

18 de março de 2009 | 16h52

A moeda norte-americana encerrou em baixa de 1,53 por cento, a 2,251 reais para venda, após avançar quase 1 por cento durante a manhã. É a menor cotação de fechamento desde 9 de fevereiro.

"Para o câmbio não houve notícias boas, mas (o dólar) caiu porque tem visto o movimento dos mercados externos", disse Mario Paiva, analista de câmbio da Corretora Liquidez.

As notícias a que o analista se referiu dizem respeito ao fluxo cambial para o Brasil, que está negativo em 2,186 bilhões de dólares nos 10 primeiros dias úteis de março. Segundo Paiva, "isso reflete a falta de crédito e a saída de recursos do país".

No âmbito externo, as atenções estiveram voltadas para a decisão do Federal Reserve sobre os rumos da política monetária norte-americana.

Surpreendendo os mercados, a instituição informou que comprará até 300 bilhões de dólares em títulos do governo norte-americano de longo prazo nos próximos seis meses e que expandirá seu programa de compra de ativos atrelados a hipotecas.

A taxa básica de juro foi mantida na faixa entre zero e 0,25 por cento.

As bolsas de valores dos Estados Unidos ganharam fôlego com o anúncio do Fed para tentar restaurar a confiança do mercado financeiro e reanimar a economia.

Já próximo do final do pregão, os principais índices em Nova York subiam cerca de 1 por cento, mesmo movimento seguido pelo Ibovespa.

De acordo com os dados mais atualizados da BM&F, o volume de dólares negociado no mercado à vista somava cerca de 2,4 bilhões de dólares, próximo da média diária de março, em torno de 2,7 bilhões de dólares.

(Reportagem de José de Castro)

Tudo o que sabemos sobre:
DOLARFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.