Dólar volta a subir com tensão externa

O dólar comercial voltou a subir para a máxima do dia e também registrada este ano, de R$ 3,68, com alta de 2,08%, por volta das 16 horas. Segundo operadores, o alívio momentâneo provocado pela decisão do Banco Central de não comprar US$ 1,5 bilhão em linhas de exportação que vencerão entre fevereiro e abril próximo não se sustentou por conta da tensão externa. A percepção de que os Estados Unidos e a Inglaterra podem iniciar a guerra logo, independentemente da posição que a ONU vier a tomar depois da apresentação amanhã do relatório sobre o Iraque, inquieta os investidores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.