Domínio 'Sex.com' é vendido por US$ 13 mi

Dona do endereço passa por concordata, e a compradora é uma empresa obscura com sede no Caribe

Reuters e BBC, O Estado de S.Paulo

22 de outubro de 2010 | 00h00

BANGALORE

O endereço Sex.com, considerado como um dos mais valiosos do mundo, foi vendido por US$ 13 milhões por sua proprietária, a Escom LLC, que está em concordata.

Em documentos encaminhados a um tribunal de falências na segunda-feira, a companhia informou que a Clover Holdings, uma empresa obscura com sede na ilha de St. Vincent, no Caribe, foi a vencedora do leilão do endereço. A venda ainda precisa ser aprovada pelo tribunal. A decisão da Justiça deve ser tomada no próximo dia 27.

Em maio, a Escom fechou um acordo com credores para leiloar o Sex.com e contratou a Sedo.com, um mercado online de endereços da web, para encontrar potenciais compradores.

A Escom teria comprado o Sex.com em 2006 por US$ 14 milhões. Segundo fontes de mercado, 12 empresas diferentes apresentaram propostas pelo domínio. O maior valor pago até hoje por um endereço de internet foram os US$ 16 milhões que a QuinStreet pagou por Insure.com, em 1999.

O endereço Sex.com mudou de mãos várias vezes, e chegou a ficar sob controle de um golpista que o roubou de seu dono original. O primeiro dono do domínio foi Gary Kremen, fundador do site Match.com, que o vendeu em 2006.

Kremen registrou Sex.com pela primeira vez em 1994, mas perdeu o controle do endereço para o golpista Stephen Cohen em 1996, e teve de enfrentar uma longa batalha judicial para provar que era o dono.

Cohen foi multado em US$ 65 milhões, e depois condenado à prisão por tomar posse do domínio de maneira fraudulenta em 2005, cumprindo um ano de pena.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.