Donos da Gol compram a viação Pássaro Marron

Os proprietários da companhia aérea Gol voltaram a investir no setor de transporte rodoviário, com a compra das linhas de transporte de passageiros Pássaro Marron e Litorânea, do Grupo Serveng. Com o negócio, o Serveng - que atua nos segmentos de engenharia, mineração, energia e concessões, entre outros - fica apenas com a Airport Bus Service na área de transporte de passageiros.

Naiana Oscar e Fernando Scheller, O Estado de S.Paulo

27 de agosto de 2011 | 00h00

As duas marcas adquiridas operam linhas intermunicipais e interestaduais no Vale do Paraíba e litoral norte, em São Paulo, e no Sul de Minas. Nessas regiões, o grupo diz deter 83% do mercado, transportando aproximadamente 20 milhões de passageiros por ano. O Estado apurou que o negócio foi fechado por meio da Comporte - antes conhecido como Grupo Áurea -, empresa que administra os negócios de transporte rodoviário da família Constantino. A empresa não tem relação direta com a Gol, mas Constantino de Oliveira Júnior, presidente da aérea, é seu principal acionista.

Conforme apurou a reportagem, a venda da Pássaro Marron e da Litorânea foi uma forma de o grupo Serveng, que era dono das marcas havia 40 anos, reduzir a diversificação de sua atuação para ganhar mais foco nos setores de construção e infraestrutura.

Origem. Do lado da família Constantino, a compra marca a volta do investimento no transporte rodoviário, gênese dos negócios da família, que inclui dezenas de marcas - incluindo a Pluma e a Reunidas - e tem faturamento superior a R$ 1 bilhão.

A Gol só começou operar há dez anos, com a proposta de oferecer um serviço de baixo custo. Administrada por Constantino Júnior, a aérea adquiriu a Varig em 2007 e, neste ano, a Webjet, tornando-se líder no transporte doméstico de passageiros.

Curiosamente, antes de ser adquirida pelos donos da Gol, a Pássaro Marron havia estabelecido uma parceria para a venda de passagens aéreas da TAM em seus guichês nos terminais rodoviários de 50 municípios. Em contrapartida, a companhia liberou a venda de passagens da Pássaro Marron em sua agência de viagens, a TAM Viagens.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.