Donos da Schincariol soltos ainda não retornaram à fábrica

Os cinco donos e quatro diretores do Grupo Schincariol libertados nesta madrugada, após dez dias na prisão, não apareceram na fábrica de Itu até o início da tarde. Segundo a assessoria da empresa, eles estavam exaustos e foram direto para suas casas em Itu para descansar.Os funcionários da cervejaria de Itu, que trabalham no regime de plantão neste sábado, tomaram conhecimento da soltura pela reportagem. Segundo um dos encarregados da portaria, o ambiente era tranqüilo na fábrica.O setor administrativo não funciona nos fins de semana, apenas uma parte da produção. A expectativa é de que os diretores reassumam suas funções apenas na segunda-feira.Na cidade, a libertação dos Schincariol é comentada em clima de alegria. Na sexta-feira, cerca de 800 pessoas participaram de uma manifestação de protesto contra as prisões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.