DPDC investiga celular da Nokia

O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), do Ministério da Justiça, instaurou processo administrativo para investigar a comercialização do aparelho celular modelo Nokia 3320. Segundo o DPDC, os Procons de todo Brasil estão recebendo várias reclamações que configuram indícios de que o produto tem vícios de qualidade.As reclamações são de ordem a mais variada, desde oxidação da bateria ou do aparelho até bateria que não guarda carga, teclado inoperante, problemas de memória, defeito na placa, aparelhos que não completam a ligação ou desligam repentinamente e demora na assistência técnica. A empresa Nokia do Brasil foi notificada para que apresente sua defesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.