Dragão do Mar tem capacidade para um milhão de barris de petróleo

Navio da Petrobrás que entra em operação esta semana tem 274 metros de comprimento, 48 de largura e 51 de altura

15 de abril de 2014 | 11h30

SÃO PAULO - O navio Dragão do Mar, batizado pela presidente Dilma Rousseff nesta segunda-feira, 14, tem 274 metros de comprimento, 51 metros de altura e 48 metros de largura.

O navio da Petrobrás tem capacidade para transportar um milhão de barris de petróleo, o que representa mais de 45% da produção diária de petróleo no País.

O calado (parte que fica submersa) tem 17 metros, o que permite a passagem do Canal de Suez, no Oriente Médio. O petroleiro possui porte bruto de 157,7 mil toneladas.

O navio foi fabricado no Estaleiro Atlântico Sul, no Recife, e faz parte de uma encomenda de 10 petroleiros que celebram figuras destacadas na história brasileira. Três deles já estão em operação: João Cândido, entregue em maio de 2012; Zumbi dos Palmares, em atividade desde maio de 2013; e José de Alencar, em janeiro deste ano.

 

 

Ficha técnica do navio Dragão do Mar:

Tipo: petroleiro suezmax

Capacidade de transporte: 157 mil de Toneladas de Porte Bruto (TPB)

Comprimento total: 274,2 metros

Largura: 48 metros

Altura: 51,6 metros

Calado: 17 metros (compatível com a passagem pelo Canal de Suez, que liga o Mediterrâneo ao Mar Vermelho)

Pontal (distância entre o fundo e o convés): 23,2 metros

Velocidade: 14,8 nós

Autonomia: 20 mil milhas náuticas

Número de tanques: 14 tanques, sendo 12 de carga e 2 de sobra

Etapas da construção de um navio

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
PetrobrasNavio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.