Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Dragão do Mar tem capacidade para um milhão de barris de petróleo

Navio da Petrobrás que entra em operação esta semana tem 274 metros de comprimento, 48 de largura e 51 de altura

15 de abril de 2014 | 11h30

SÃO PAULO - O navio Dragão do Mar, batizado pela presidente Dilma Rousseff nesta segunda-feira, 14, tem 274 metros de comprimento, 51 metros de altura e 48 metros de largura.

O navio da Petrobrás tem capacidade para transportar um milhão de barris de petróleo, o que representa mais de 45% da produção diária de petróleo no País.

O calado (parte que fica submersa) tem 17 metros, o que permite a passagem do Canal de Suez, no Oriente Médio. O petroleiro possui porte bruto de 157,7 mil toneladas.

O navio foi fabricado no Estaleiro Atlântico Sul, no Recife, e faz parte de uma encomenda de 10 petroleiros que celebram figuras destacadas na história brasileira. Três deles já estão em operação: João Cândido, entregue em maio de 2012; Zumbi dos Palmares, em atividade desde maio de 2013; e José de Alencar, em janeiro deste ano.

 

 

Ficha técnica do navio Dragão do Mar:

Tipo: petroleiro suezmax

Capacidade de transporte: 157 mil de Toneladas de Porte Bruto (TPB)

Comprimento total: 274,2 metros

Largura: 48 metros

Altura: 51,6 metros

Calado: 17 metros (compatível com a passagem pelo Canal de Suez, que liga o Mediterrâneo ao Mar Vermelho)

Pontal (distância entre o fundo e o convés): 23,2 metros

Velocidade: 14,8 nós

Autonomia: 20 mil milhas náuticas

Número de tanques: 14 tanques, sendo 12 de carga e 2 de sobra

Etapas da construção de um navio

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
PetrobrasNavio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.