Juros

E-Investidor: Esperado, novo corte da Selic deve acelerar troca da renda fixa por variável

Duas pessoas morrem pisoteadas durante visita do Papa

A agência de notícias portuguesa Lusa informou, há pouco, que duas pessoas morreram pisoteadas no ginásio de esportes onde o Papa Bento XVI discursou para jovens angolanos. O incidente ocorreu na abertura dos portões, cerca de quatro horas antes da chegada do Papa ao local.

AE-AP, Agencia Estado

21 de março de 2009 | 19h12

O porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, confirmou o incidente e disse que o Papa ficou "muito triste" ao saber que o tumulto provocou a morte de duas pessoas. A viagem a Angola é parte da primeira peregrinação do Papa Bento XVI pela África.

Sem citar a fonte, a Lusa informa que um homem e uma mulher chegaram mortos ao hospital da região. Além das duas vítimas, mais pessoas ficaram feridas e foram levadas ao hospital e dez pessoas receberam assistência médica no local. Segundo o repórter da Associated Press, que estava no local, mais de vinte pessoas deixaram o estádio em ambulâncias.

Tudo o que sabemos sobre:
PapaacidentemorteÁfrica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.