Dubai terá que pagar de volta com juros ajuda de US$ 10 bi

Socorro financeiro é usado para pagar os credores de US$ 3,5 bi em bônus emitidos por fundo do Dubai World

Nathália Ferreira, da Agência Estado,

16 de dezembro de 2009 | 10h21

O ministro de Relações Exteriores dos Emirados Árabes Unidos (EAU), Abdullah bin Zayed al-Nahyan, informou à agência de notícias Peta, da Jordânia, que Dubai terá que pagar de volta os US$ 10 bilhões de ajuda recebidos do governo do emirado, uma vez que o suporte foi oferecido na forma de bônus.

 

Segundo o ministro, a ajuda financeira "não veio tarde demais". Dubai terá que devolver os recursos com juros durante um período definido. O ministro não deu mais detalhes.

 

Abu Dabi injetou US$ 10 bilhões no fundo de suporte financeiro de Dubai na segunda-feira, com parte sendo utilizada para pagar os credores dos US$ 3,52 bilhões em bônus emitidos pela unidade imobiliária Nakheel, do conglomerado Dubai World. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.