Dubai World se reunirá com credores para discutir dívida

Espera-se que a negociação para o próximo dia 21 sobre parte da dívida de R$ 26 bilhões da empresa

Agência Estado, com informações da Dow Jones,

10 de dezembro de 2009 | 06h52

Representantes da Dubai World vão se reunir com cerca de 100 credores, no dia 21 de dezembro, para discutir a crise da empresa e tentar reestruturar a maior parte de sua dívida de US$ 26 bilhões, disseram banqueiros com conhecimento do assunto à Zawya Dow Jones.

"O encontro é para discutir somente a dívida bancária, e todos os bancos credores estão convidados", declarou um banqueiro que participará da reunião, acrescentando que outros 97 credores serão incluídos na reunião que pode determinar se o Emirado dará o calote nas obrigações de uma de suas empresas estatais, antes tão apreciadas.

"Presumivelmente, a Dubai World vai pedir um acordo de paralisação", afirmou o banqueiro.

 

A estatal quer que os bancos concordem com a reestruturação de US$ 26 bilhões da dívida. A reunião ocorrerá uma semana após o vencimento de US$ 3,52 bilhões em bônus islâmicos, ou sukuk, emitidos pela Nakheel, a problemática unidade de negócios imobiliários da Dubai World.

 

O título da Nakheel não faz parte das negociações, afirmaram banqueiros com conhecimento do assunto. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Dubaidívida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.