coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Duhalde admite que pediu dinheiro a países latino-americanos

O presidente da Argentina, Eduardo Duhalde, confirmou informação adiantada pela Agência Estado na última segunda-feira de que seu governo pedira dinheiro emprestado a países latino-americanos, dentre eles o Brasil. Trata-se de "um crédito ponte para fazer frente à dívida que o país tem com os organismos financeiros internacionais e que vencem este mês", disse Duhalde antes de entrar para uma reunião com o Partido Justicialista. O ministro de Economia, Roberto Lavagna, já havia informado que "estava negociando um acordo provisório com alguns países", na última segunda-feira, em entrevista aos correspondentes estrangeiros na Argentina. A Agência Estado confirmou, na ocasião, com uma alta fonte do governo que dentre estes países, o Brasil é o principal objetivo de Eduardo Duhalde para conseguir o dinheiro necessário para pagar suas dívidas neste mês que começam a vencer no próximo dia 15, com o Banco Mundial, no valor de US$ 800 milhões.

Agencia Estado,

08 de maio de 2002 | 15h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.