coluna

Carolina Bartunek: ESG, o que eu tenho a ver com isso?

Dúvidas

Neste espaço, leia respostas às dúvidas sobre Imposto de Renda, enviadas pelos leitores e respondidas pela advogada tributarista Elisabeth Lewandowski Libertuci, da Libertuci Advogados Associados. Veja questões já respondidas no portalMeu filho comprou apartamento em 2008 e pagou à vista, sendo que parte do pagamento foi feito mediante empréstimo que lhe fiz. Meu filho: Lançará a aquisição do apartamento pelo valor total e a dívida pelo montante que eu lhe emprestei. Eu: Lançarei o empréstimo pelo valor desembolsado. Próximos exercícios: à medida que a dívida for sendo quitada, meu filho irá abatendo na sua dívida e eu no meu empréstimo. Solicito informar se os procedimentos estão corretos. Gonçalo SantosResposta: Os procedimentos indicados estão corretos. Minha dúvida é a respeito da tributação do produtor rural que planta e vende soja e milho, qual legislação deverá ser aplicada para tributar renda? Como elaborar a Declaração de IR da Pessoa Física para faturamento de R$ 20.000.000,00 ao ano, qual a base deverá ser utilizada, livro caixa? Contabilidade por regime de caixa ou de competência? Qual a alíquota a aplicar e sobre qual base de calculo? Rubens Resposta: O resultado positivo da atividade rural se submete à tributação pela tabela progressiva e é encontrado mediante o confronto entre receitas e despesas apuradas mensalmente pelo regime de caixa. A escrituração pode ser realizada pelo sistema de processamento eletrônico. Verifique no site www.receita.fazenda.gov.br o programa livro caixa de atividade rural. Me separei no meio do ano passado e a partir de então, passei a pagar a pensão alimentícia aos meus três filhos. Como declarar? Meio ano como dependentes e meio com pensão? A escola deles ainda sou eu quem pago. E o número de dependentes, como fica agora?Antonio Resposta: Por se tratar do ano da separação, os filhos podem constar como seus dependentes e você poderá reconhecer a dedução integralmente. A pensão alimentícia poderá ser deduzida, com o preenchimento do campo "Pagamentos e Doações Efetuados". Informe cada filho beneficiado, o CPF e o valor sob código 30. 2008 foi um ano atípico, pois sem renda de PJ (só INSS), vivi com resgates mensais de aplicação de CDB. No informe do banco - "rendimentos sujeitos à tributação exclusiva" aparecem o saldo de 2007 e 2008 e um pequeno valor tributável, imposto retido e rendimento líquido. Onde colocar na declaração os resgates para cobrir meus gastos? Jorge Resposta: Informe apenas os saldos das aplicações financeiras em 31/12/2007 e 31/12/2008 na declaração de bens e o rendimento líquido, no campo rendimentos sujeitos à tributação exclusiva. Esses dois dados são suficientes para justificar os seus gastos no curso de 2008 pelo fato de o saldo em 2008, de valor menor do que o informado em 2007, representar variação patrimonial negativa. * As dúvidas podem ser enviadas até o dia 9/04 pelo e-mail imposto.renda@grupoestado.com.br; ou por carta para O Estado de S. Paulo, Editoria de Economia, Coluna Imposto de Renda, Av. Engenheiro Caetano Álvares, 55, 6º andar, CEP 02598-900, São Paulo

, O Estadao de S.Paulo

19 de março de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.