É hora de retomar investimentos, diz Palocci na TV

É hora de retomar os investimentos. Essa foi a mensagem transmitida na noite desta sexta-feira pelo ministro da Fazenda, Antonio Palocci, durante pronunciamento às emissoras de rádio e TV do País. Ele afirmou que o governo está cumprindo sua promessa de garantir a estabilidade econômica. O ministro declarou vencida a batalha contra a inflação e disse que a crise de confiança foi superada. Na sua avaliação, a superação da crise econômica gerou o ambiente necessário para as empresas funcionarem "como nas economias maduras", ou seja, conquistando espaço por sua eficiência. Algumas, informou, já começaram a retomar os investimentos. Cenário positivoPalocci lembrou que os primeiros meses do governo Luiz Inácio Lula da Silva foram dedicados a combater a inflação. Além da inflação controlada, ele destacou o fato de os juros estarem em queda e o dólar, estável. Palocci também ressaltou a queda do risco país, que chegou a 2.400 pontos nos momentos mais agudos da crise e hoje está na casa dos 600 pontos. "Isso é muito importante, porque o risco país determina o custo dos empréstimos para o governo e para as empresas brasileiras", disse. O risco elevado fazia subir os juros, que aumentavam o endividamento e, por sua vez, elevavam novamente a taxa de risco.A volta da confiança dos investidores internacionais no Brasil pode ser medida, segundo Palocci, pelo índice da bolsa de valores, em alta. "Significa que os investidores já perceberam que os próximos anos serão de tranqüilidade, de crescimento e de grandes oportunidades em nosso país." Nem todos os problemas do Brasil foram resolvidos, admitiu Palocci. Ele prometeu, porém, que o País começará a viver "um tempo novo". Ele previu que o Natal será "um pouco melhor para o comércio" e que o ano novo trará "muito mais esperança para o povo brasileiro."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.