E-mail facilita vida do investidor

A CSN, Companhia Siderúgica Nacional, por exemplo, recebe em média de 80 a 100 e-mails por dia, informa o gerente geral de Relações com o Mercado da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), José Marcos Treiger. A demanda provém principalmente de 50 analistas de mercado, entre Brasil e Exterior.Treiger observa que a popularização da Internet aumentou a demanda de informações por parte de investidores individuais, uma vez que hoje é possível comprar e vender ações sem sair de casa. Antigamente, lembrou, quase a totalidade dos contatos era feita por investidores institucionais, como fundos de pensão e bancos de investimento.Luiz Fernando Rolla, assessor de Relações com Investidores da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), destaca que a solicitação de informação não faz parte do cotidiano dos investidores individuais no Brasil. "Isso tem evoluído, mas ainda está longe do que se verifica em mercados evoluídos, como o norte-americano", disse Rolla.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.