bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

É possível crescer 3,5% e conter a inflação, diz ministra do Planejamento

Miriam Belchior afirmou que medidas para que PIB avance nesse patamar em 2013 estão sendo tomadas

Renata Veríssimo, da Agência Estado,

28 de maio de 2013 | 19h04

BRASÍLIA - A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou na noite desta terça-feira, 28, que o governo mira em um crescimento econômico de 3,5% neste ano - e que estão sendo tomadas todas as medidas. Garantiu ser viável esse resultado com uma inflação sob controle.

Para ela, a prioridade do governo são os investimentos, principalmente na área de infraestrutura, energia e logística.

Ao deixar audiência pública na Comissão Mista do Orçamento no Congresso, Miriam declarou que a proposta de criar um orçamento impositivo deve ser discutida com tranquilidade e cautela. De acordo com ela, o orçamento federal já é praticamente impositivo porque 88% das receitas são vinculadas.

A ministra lembrou que o governo trabalha com previsão de receitas no orçamento e que, caso não se confirme, é preciso cortar gastos. Por isso, disse que a proposta de orçamento impositivo precisa considerar a possibilidade de não se confirmar as previsões de receita como, por exemplo, nos momentos de crise.

Miriam disse que o governo hoje trabalha melhor com as emendas de parlamentares ao orçamento. O corte de emendas é uma das principais críticas dos parlamentares à execução orçamentária.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.