'É preciso ter atenção e paciência para atuar na área'

Atendimento a usuários exige sensibilidade para interpretar demandas e dar aceso à informação

O Estado de S.Paulo

03 de fevereiro de 2013 | 02h09

Para a estudante de biblioteconomia Bárbara Silva, atenção e paciência são as característica mais importantes para quem vai trabalhar como bibliotecário. "É uma área em que se lida muito com o público e o atendimento ao usuário é sempre algo muito personalizado, cada um tem uma necessidade", diz.

Segundo ela, muitas vezes as pessoas não têm clareza do que precisam. "Então, tenho de ser paciente e me esforçar para interpretar quais são as necessidades e facilitar o acesso às informações", explica a estagiária, que atualmente cursa o quarto semestre da faculdade de biblioteconomia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Unirio).

Há sete meses estagiando na biblioteca de um escritório de direito, Bárbara vê com otimismo as perspectivas para a carreira. "É uma área na qual até pouco tempo não havia muita procura nos cursos superiores, consequentemente há pouca gente formada e pouca gente concorrendo às vagas disponíveis", observa. "Além disso, a área de atuação é ampla. Posso trabalhar em qualquer lugar onde haja a necessidade de se organizar alguma informação", avalia.

Os concursos públicos estão entre as possibilidades que Bárbara vislumbra para o futuro. "Penso em prestar concurso", diz ela, apesar de reconhecer estar atraída pela área jurídica. /L.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.