Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

É prematuro especular sobre novo pacote para Portugal, diz FMI

Diretoria do FMI vai se reunir em breve para avaliar se Portugal cumpriu as metas para o próximo desembolso do empréstimo, no valor de 26 bilhões de euros

Andréia Lago, da Agência Estado,

22 de março de 2012 | 12h58

O Fundo Monetário Internacional (FMI) disse hoje que "é prematuro especular" se Portugal vai precisar de um novo programa de empréstimo para ajudá-lo a evitar um default. Segundo um porta-voz do Fundo, a diretoria do FMI vai se reunir em breve para revisar o acordo com Portugal e avaliar se o país cumpriu as metas necessárias para o próximo desembolso do empréstimo, no valor de 26 bilhões de euros.

A afirmação do FMI é uma reação aos alertas de economistas sobre sinais crescentes de que o atual programa de empréstimo do Fundo ao governo de Portugal não será suficiente para evitar um default e que um novo pacote de ajuda terá de ser acertado. Em meio às especulações, os yields dos bônus portugueses de 5 anos estão próximos de 16%, patamar atingido no auge da crise grega. Nesses níveis de juros, investidores questionam se o governo português terá condições de rolar 10 bilhões de euros em dívida que vencem em setembro. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Portugalcriseresgateeuro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.