bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

''''É puxado, mas entra um bom dinheiro extra''''

Metalúrgico tem 39% no salário

Marcelo Rehder, O Estadao de S.Paulo

02 de outubro de 2007 | 00h00

O acordo para ampliar a produção firmado entre a Volkswagen e o Sindicato dos Metalúrgicos está rendendo ao montador de produção Nilton Cézar Vieira, de 37 anos, um acréscimo de 39% no salário normal. Funcionário da linha de montagem da Kombi na fábrica da montadora em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, Vieira ganha R$ 2,8 mil por mês. Somando os R$ 273 que recebe de horas extras por sábado trabalhado, seu salário bruto sobe para R$ 3.892, nos meses em que há quatro fins de semana. E, melhor, o pagamento é feito seis dias após a jornada extra, na sexta-feira seguinte. "Está sendo puxado, cansativo, mas, em compensação, entra um bom dinheiro extra", diz o montador. Baiano de Seabra, na Chapada Diamantina, Vieira trabalha há 12 anos na Volks. Solteiro, o metalúrgico abriu uma poupança para trocar o carro, um Gol 97, por outro mais recente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.