coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

EADS negocia compra de 1,56% de participação da França na empresa

A controladora da Airbus, EADS, está negociando a compra de participação de 1,56 por cento de suas ações em poder do governo da França, informou a companhia nesta segunda-feira, na mais recente medida para reformulação a participação societária estatal no maior grupo aeroespacial da Europa.

Reuters

15 de abril de 2013 | 07h46

A compra, que pode levantar cerca de 484 milhões de euros, marca a primeira vez que a França contempla a venda de parte de sua fatia de 15 por cento na EADS desde que o grupo foi criado a partir da fusão de negócios aeroespaciais da França, Alemanha e Espanha, em 2000.

Sob as mudanças societárias aprovadas pelos acionistas no mês passado, a França vai manter participação votante de 12 por cento, enquanto outros 3 por cento ficará com uma fundação independente holandesa cujos padrões de voto não pode influenciar.

O esquema foi feito para evitar uma combinação de participações acionárias entre França, Alemanha e Espanha que supere o limite de 30 por cento que exigiria uma tomada de controle completa da companhia na Holanda, onde a EADS é sediada. França e Alemanha manterão participações votantes de 12 por cento cada um e a Espanha terá 4 por cento.

A venda também ocorre semanas depois que a França levantou 449 milhões de euros com a venda de uma participação de 3,12 por cento na fabricante de motores para aviões Safran.

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASEADSFRANCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.