Mandel Ngan/AFP
Mandel Ngan/AFP

Economia americana continua a se expandir, afirma BC dos EUA

O crescimento econômico em fevereiro e março foi considerado 'modesto' ou 'moderado', segundo o 'livro bege' do Federal Reserve, relatório que serve de base para as decisões da política monetária

O Estado de S. Paulo

15 de abril de 2015 | 15h50

WASHINGTON - A economia dos EUA continuou a se expandir na maioria das regiões do país em fevereiro e março, embora a alta do dólar, a queda dos preços do petróleo e o inverno rigoroso tenham provocado desaceleração da atividade em alguns setores. Essa avaliação é do "livro bege" do Federal Reserve, um sumário sobre as condições da economia norte-americana que serve de referência para as decisões de política monetária do Comitê de Mercado Aberto do Fed (Fomc).

O crescimento econômico foi considerado "modesto" ou "moderado" em oito dos 12 distritos do Fed. Nas demais regiões, o ritmo da atividade econômica foi descrito como "estável", "leve" ou "continuando a se expandir". O "livro bege" notou que a indústria de petróleo está demitindo, mas que os gastos do consumidor estão crescendo - ambos em reação à queda recente dos preços do petróleo.

"Demissões nos setores de manufatura e de energia foram relatados em vários distritos, entre eles Cleveland, Atlanta, Minneapolis, Kansas City e Dallas. Essas reduções foram relacionadas primariamente ao declínio dos preços do petróleo e do gás e do resultante declínio na demanda por insumos como aço e minério de ferro", diz o relatório. Em algumas áreas, as indústrias também reclamaram da alta do dólar, que pode prejudicar as exportações, e do rigor do inverno.

Segundo o "livro bege", a demanda por trabalhadores especializados continuou forte em outros setores e alguns distritos do Fed notaram sinais "modestos ou moderados" de pressão altista dos salários. "A dificuldade em encontrar trabalhadores especializados foi relatada com frequência", diz o documento.

O relatório descreveu  a atividade no setor bancário como "estável" e notou crescimento da demanda por crédito em algumas áreas. Os setores de turismo e viagens está se recuperando do inverno e "muitos distritos notaram que a economia permitida pelos preços baixos do petróleo está contribuindo para conduzir as vendas no varejo neste ciclo, assim como a melhora das condições do tempo".

O relatório divulgado nesta quarta-feira foi preparado pelo Federal Reserve Bank de Cleveland, com base em informações coletadas até 3 de abril. A próxima reunião do Fomc será nos dias 28 e 29 de abril. A íntegra do "livro bege" em inglês está disponível na internet. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
livro begeEUAeconomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.