Economia brasileira é sólida, diz ministro espanhol

O ministro da economia da Espanha, Rodrigo Rato disse, depois de uma reunião com o ministro Pedro Malan, da Fazenda, que a economia brasileira é sólida. Rato salientou que o governo brasileiro está tendo uma atuação bastante positiva e responsável para responder a situação díficil criada pelas incertezas com a sucessão presidencial e pelo contágio da crise de outros países latino-americanos. Segundo o ministro espanhol, Malan, durante o encontro, mostrou as explicações sobre a sustentabilibidade da economia brasileira.O ministro brasileiro Malan também entregou ao ministro espanhol estudos sobre a dívida pública e privada brasileira, inclusive análises sobre diferentes cenários. Rato disse também que foi muito importante para o Brasil o compromisso assumido pelos "três principais candidatos à Presidência, em dar continuidade a uma política responsável e cumprir o acordo com o FMI". O ministro espanhol observou que o governo do seu país, desenvolveu um papel importante no respaldo na negociação do Brasil com o FMI. "Foi a Espanha que claramente antecipou sobre a necessidade do FMI participar de um pacote para minorar a situação brasileira". Rato disse que a reabertura de linhas de crédito para empresas brasileiras, é um assunto a ser tratado pelos próprios bancos. Ele anunciou também que a viagem que Armínio Fraga e Malan realizam pela Europa "é muito positiva e demonstra o grau de responsabilidade das autoridades brasileiras". O ministro Pedro Malan está almoçando com 20 empresários espanhóis na Embaixada do Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.