Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Economia da Alemanha cresce menos e pressiona União Européia

A economia alemã voltou a registrar um desempenho fraco no terceiro trimestre, quando o PIB cresceu 0,3%, na comparação com o segundo trimestre. O crescimento ficou abaixo do esperado pelos economistas, que projetavam uma expansão de 0,4%. O dado divulgado pela Agência Federal de Estatísticas ajudou a reforçar as análises de que a maior economia da Europa está abatendo os demais países da zona do euro, o que deve intensificar as pressões para que o Banco Central Europeu baixe os juros no próximo encontro em quinze dias.Na comparação com o terceiro trimestre de 2001, o PIB cresceu 0,9%, ante expectativas dos economistas de expansão de 1%. Mas o desempenho econômico confirmou os prognósticos do Bundesbank, o Banco Central alemão, que trabalhava com estimativas de crescimento de 0,25% no terceiro trimestre, na comparação com o segundo trimestre e de 1%, em relação ao ano passado.

Agencia Estado,

21 de novembro de 2002 | 15h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.