Economia da Alemanha pode ter se expandido no 1º tri

A economia da Alemanha pode ter crescido no primeiro trimestre deste ano e ganhar ímpeto no segundo trimestre em meio à expansão do mercado de trabalho e recuperação da demanda para bens de capital, afirmou o Banco Central alemão.

Agencia Estado

22 de abril de 2013 | 09h36

No seu relatório mensal de abril, o Banco Central da Alemanha (Bundesbank) afirmou que uma melhora do sentimento dos negócios que começou em novembro, mas paralisou em março, sugeriu que a indústria alemã ainda está tentando se recuperar do decepcionante quarto trimestre do ano passado, quando o Produto Interno Bruto (PIB) recuou 0,6%. O clima de consumo, no entanto, continuou estável em um nível bastante elevado.

"Diante desse cenário, parece que um aumento geral é possível", afirmou o Bundesbank, embora tenha advertido que a avaliação depende do clima frio de inverno e seu impacto na indústria da construção.

Referindo-se ao trimestre atual, o banco central disse que a contínua expansão do emprego e o aumento da demanda por bens de capital sugere que a economia da Alemanha deverá ganhar força no segundo trimestre e poder recuperar parte do terreno perdido no primeiro trimestre. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AlemanhaeconomiaBundesbank

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.