Economia da China pode evitar forte queda do crescimento, diz premiê

Li Keqiang prometeu acelerar a mudança para um modelo econômico guiado pela ciência e inovação

REUTERS

10 de setembro de 2014 | 07h24

A economia da China pode evitar uma forte queda do crescimento, afirmou nesta quarta-feira o primeiro-ministro, Li Keqiang, ao prometer acelerar a mudança para um modelo econômico guiado pela ciência e inovação.

Falando no Fórum Econômico Mundial na cidade de Tianjin, Li afirmou que a China continuará a buscar reformas estruturais na sua economia.

O crescimento da economia chinesa desacelerou para 7,4 por cento no primeiro trimestre e depois subiu a 7,5 por cento no período entre abril e junho. Mas as esperanças de que a recuperação possa ganhar tração foram abaladas em julho quando dados revelaram que o crescimento vacilou novamente.

(Reportagem de Paul Carsten e Jason Subler)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROCHINAPOUSO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.