Economia da Índia cresce 8,6% no 1º tri

Com revisão de dados, expansão no último ano fiscal, encerrado em março, foi de 7,4%

Danielle Chaves, da Agência Estado,

31 de maio de 2010 | 08h01

O Produto Interno Bruto (PIB) da Índia cresceu 8,6% entre janeiro e março deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado, levemente abaixo da mediana das estimativas dos economistas ouvidos pela Dow Jones, que era de expansão de 8,8%.

O governo indiano revisou a taxa de expansão da economia do país no trimestre de outubro a dezembro de 2009 para 6,5%, do dado anterior que informava 6,0% de crescimento. Os números sobre o trimestre entre julho e setembro também foram revisados, de 7,9%, para 8,6%. Com isso, a taxa de expansão do último ano fiscal, encerrado em março, foi de 7,4%, levemente acima da estimativa prévia de 7,2%.

O crescimento forte destaca a retomada da demanda doméstica e externa, aumentando a perspectiva de uma diminuição das políticas fiscal e monetária frouxas, conforme as autoridades combatem a alta inflação.

Alguns economistas esperam que o banco central da Índia eleve as taxas de juros básicas possivelmente antes da próxima reunião, programada para julho, para limitar as crescentes pressões inflacionárias. Entre janeiro e março, a inflação permaneceu perto de 10%, chegando a 10,25% em fevereiro.

Economistas dizem que o governo indiano também poderá revisar em alta a inflação de março para uma taxa de dois dígitos, em comparação com a leitura prévia de 9,90%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
índiapibcrescimentotrimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.