Economia da Venezuela cresce 10% no 3º trimestre

A atividade econômica da Venezuela cresceu cerca de 10% ou 11% no terceiro trimestre, segundo estimativas preliminares, disse o diretor do Banco Central venezuelano Domingo Maza Zavala em entrevista à Dow Jones. Ele atribui essa expansão ao vigor renovado de várias indústrias, em particular a manufatureira, que vem registrando um crescimento de 15% este ano. "No final deste ano esperamos registrar uma recuperação econômica de 13% (do PIB)", acima da expectativa anterior de crescimento de 11% para o ano, disse Maza Zavala. Maza Zavala apontou que a recuperação da contração de 9,2% do PIB registrada no ano passado é resultado da receita acima das expectativas gerada com petróleo, devido aos preços historicamente elevados da commodity. A recuperação econômica deste ano também reflete uma combinação com a contínua valorização da moeda local, o bolívar, no mercado paralelo, disse Maza Zavala. Nas últimas semanas, o dólar no mercado paralelo alcançou 2.500 bolívares, de 2.600 bolívares registrado nos meses anteriores. A taxa de câmbio oficial permanece em 1.920 bolívares por dólar e o orçamento 2005 do governo venezuelano presume uma desvalorização de 12% da moeda local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.