carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Economia de energia no horário de verão ultrapassou 4%

O horário de verão termina à zero hora de domingo

Leonardo Goy, da Agência Estado,

14 de fevereiro de 2008 | 18h14

A edição 2007/2008 do horário de verão proporcionou uma redução do consumo de energia nas regiões Sudeste e Centro-Oeste de 4,2% (ou 1.557 megawatts) no horário de pico (das 19h às 22 horas). Na região Sul, a economia - também no horário de pico - foi de 4,8% (480 MW). As estimativas, preliminares, foram divulgadas hoje pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). O horário de verão termina à zero hora de domingo.Pelas estimativas do ONS, se o horário de verão não fosse decretado, seria necessário investir cerca de US$ 1 bilhão na construção de novas termoelétricas para suprir o crescimento do consumo no horário de pico. Somente no Estado de São Paulo, a redução do consumo no horário de pico foi de 769 MW, ou 4,3%. No Rio de Janeiro, a demanda teve queda de 304 MW, ou 4,8%.

Tudo o que sabemos sobre:
Horário de Verão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.