Economia do governo central em abril chega a R$ 14,856 bi

O superávit primário do governo central - arrecadação menos as despesas, exceto o pagamento de juros - em abril foi de R$ 14,856 bilhões, mais que o dobro dos R$ 7,228 bilhões verificados em março deste ano. O resultado supera o teto das previsões dos analistas, de R$ 11 bilhões a R$ 13 bilhões. O secretário do Tesouro Nacional, Carlos Kawall, destacou que o resultado mensal é o melhor da série histórica do Tesouro.Ele afirmou que o mês de abril, tradicionalmente, apresenta resultados fiscais mais robustos, porque é o período em que as receitas aumentam fortemente, pois é nele que se concentram o recolhimento da primeira parcela ou cota única do Imposto de Renda das Pessoa Física e de Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) referente à apuração do lucro do primeiro trimestre das empresas. Em abril do ano passado, o superávit primário do governo central foi de R$ 12,690 bilhões. O resultado foi obtido com superávit primário de R$ 17,423 bilhões do Tesouro Nacional, déficit da Previdência Social de R$ 2,609 bilhões e superávit de R$ 42,4 milhões do Banco Central.No acumulado de janeiro a abril deste ano, o superávit primário do governo central é de R$ 29,608 bilhões, um pouco a baixo dos R$ 29,729 bilhões em igual período de 2005.Kawall destacou que este resultado já supera a meta quadrimestral estabelecida para todo o governo federal (além do governo central, inclui também as estatais), que é de R$ 28,7 bilhões. O resultado do governo federal será divulgado amanhã pelo Banco Central. "O resultado do governo central sugere fortemente que cumpriremos a meta de todo o governo federal", disse em entrevista para comentar o resultado do Tesouro em abril. No resultado acumulado no ano, o Tesouro Nacional apresenta superávit de R$ 42,063 bilhões ante R$ 40,334 bilhões em igual período do ano passado. A Previdência Social tem déficit de R$ 12,507 bilhões no primeiro quadrimestre ante R$ 10,599 bilhões de janeiro a abril de 2005. O Banco Central acumula superávit de R$ 52,5 milhões, ante déficit de R$ 5,6 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.